BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

André Corrêa participa de construção de protocolo para vinda de empresas para o Sul Fluminense

André Corrêa participa de construção de protocolo para vinda de empresas para o Sul Fluminense

Empresas farão parte do Complexo Metalmecânico e vão gerar 3,5 mil empregos diretos e 10 mil indiretos

Volta Redonda – Numa reunião realizada na manhã desta quinta (18) no gabinete do prefeito Samuca Silva a CSN informou que trará para a região novas linhas de produção da empresa.  Uma delas será na CSN Porto Real, a antiga Galvasud. Foi confirmado também que virão para Volta Redonda oito empresas que farão parte do Complexo Metalmecânico no município que tem como objetivo gerar empregos e renda, além de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região. No total serão na região gerados 3,5 mil empregos diretos e 10 mil indiretos. Na tarde desta quinta, os empresários participaram de uma reunião de trabalho em que foram apresentados detalhes do pacote de incentivos às empresas.

O protocolo de intenções para viabilizar a instalação das empresas foi assinado pelo governador Luiz Fernando Pezão, o prefeito Samuca Silva, e o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, além dos responsáveis pelas empresas que farão parte do Complexo Metalmecânico, entre outras autoridades.

De acordo com o documento, a CSN buscará atrair empreendimentos industriais, vinculados à sua atividade, além de capacitar a mão de obra local.

Meio ambiente

Além de dar partida nas atividades referentes ao Termo de Ajuste de Conduta que a CSN assinou com o governo do Estado do Rio, prevendo R$ 300 milhões em investimentos ambientais que incluem intervenções na Sinterização, para acabar com as emissões de “pó preto” que incomodam os voltarredondenses, o evento marcou a assinatura do Plano Diretor Ambiental de Volta Redonda, que cria a Unidade de Conservação Municipal.

O protocolo faz parte do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado recentemente entre o Governo do Estado, por meio do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), e a CSN, que prevê investimentos de R$ 300 milhões nos próximos seis anos na Usina Presidente Vargas (UPV) para adequação às normas ambientais. Ao todo, o TAC estabelece como meta 35 ações que vão garantir de forma definitiva as demandas ambientais e da população do município.

André Corrêa comenta a importância desse acordo

Para o deputado estadual André Corrêa, esse foi um dia histórico. "Desde que eu comecei a minha atuação na área ambiental, há quase trinta anos, a gente espera por esse avanço! Além da questão ambiental, veremos a questão da geração de emprego. Isso é sustentabilidade", afirmou.

O deputado estadual André Corrêa também agradeceu a Benjamin Steinbruch. Ele disse que se reuniu com o empresário há um ano atrás para tentar resolver a questão ambiental da siderúrguica. "Estabelecemos metas, da parte do Governo do Estado e do Estado do Rio de Janeiro e tudo foi cumprido", disse André Corrêa.

Samuca destaca importância da CSN

Ao falar durante a cerimônia, Samuca Silva lembrou que o desenvolvimento econômico é prioridade em seu mandato, e que isso tem feito com que Volta Redonda siga num sentido diferente de outros municípios:

– Enquanto outras cidades sofrem com a recessão, Volta Redonda gera empregos, investe em infraestrutura, em meio ambiente e em saúde. Enquanto outras cidades fecham hospitais, criamos um e estamos criando outro. Está na hora de a nova classe política, os gestores recém-eleitos, levantarem a cabeça. Temos que melhorar a vida das pessoas – declarou.

Samuca afirmou ainda que “estendo o tapete vermelho e chamo banda de música para a CSN. Sem a empresa, a região não seria o que é. É um orgulho receber Benjamin Steinbruch”.

O prefeito afirmou ainda que tem orgulho do relacionamento com o governador: “É a terceira vez que recebemos a visita do governador: a primeira foi na inauguração da Rodovia do Contorno, que vem tirando oito mil veículos pesados por dia do Centro da cidade e já serve como polo para novos empreendimentos. Além disso, em um ano a estrada registrou apenas três acidentes, nenhum deles grave. A segunda vez foi quando começamos a operação do Hospital Regional e a terceira agora, quando celebramos a vinda dessas empresas e o início do TAC ambiental da CSN”, disse o prefeito.

Steinbruch mostra benefícios para a região

O presidente do Conselho Administrativo da CSN, Benjamin Steinbruch, afirmou que o Polo Metalmecânico vai integrar Volta Redonda com outros municípios e beneficiará toda a região: “( o Polo Metalmecânico) É resultado do desejo de crescimento industrial e de geração de emprego”, disse.

O presidente da CSN explicou que o polo inclui oito empresas e mais três linhas de produção da própria CSN, sendo uma em Valença, em empresa adquirida pela CSN e reativada, e uma em Porto Real, que será mais uma linha de produção da unidade da CSN no município, anteriormente conhecida como Galvasud.

Sobre o prefeito Samuca Silva, Steinbruch afirmou que acompanhou à distância o processo eleitoral em Volta Redonda e lembrou que Samuca foi a São Paulo logo depois de eleito, antes mesmo de tomar posse. O presidente do Conselho Administrativo da CSN disse que, desde aquele encontro, ele e Samuca começaram a conversar sobre desenvolvimento econômico.

– Este é um momento importante para Volta Redonda e a CSN. A relação entre as duas é umbilical. Nestes 25 anos desde a privatização, passamos por bons e maus momentos. Entre os bons, podemos destacar as aberturas da Fábrica de CSN Cimentos e da CSN Aços Longos. A assinatura do TAC porque significa a expfressão de um desejo muito grande da CSN de passar a ser referência em meio ambiente – afirmou.

O presidente da CSN também falou dos incentivos que estão sendo concedidos às empresas que farão parte do polo metalmecânico. Segundo ele, o que foi concedido apenas deixa o Estado do Rio em igualdade de condições com o que é concedido em outras unidades da Federação.

“Abriremos diálogo com todos os municípios da região”, disse o empresário.

Projetos arquitetônicos

Steinbruch aproveitou a oportunidade para falar de sua filha, Vitória, que está começando na CSN, cuidando do patrimônio imobiliário. Ela tem projetos para várias áreas da Companhia na cidade, e outros para locais que não pertencem à empresa, como a Rua 33.

Presenças

Também participaram da cerimônia os prefeitos de Barra Mansa, Rodrigo Drable; de Pinheiral, Ednardo Barbosa; de Piraí, Luiz Antônio da Silva Neves; de Porto Real, Ailton Marques; e de Rio Claro, José Osmar de Almeida. Além deles, estavam os deputados estaduais Christino Áureo, eleito deputado federal; Gustavo Tutuca e André Correa, reeleitos; Luiz Antônio Corrêa, eleito deputado federal; e Marcelo Cabeleireiro, eleito deputado estadual, entre outras autoridades.

Rodrigo Drable negocia com Steinbruch instalação de empresa em Barra Mansa

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, iniciou as negociações nesta quinta-feira, dia 18, com o presidente da CSN Benjamin Steinbruch, e o presidente da Prada Embalagens, Luiz Daury Ferreira Halembeck, para a instalação de uma nova empresa do grupo nos galpões da antiga Litográfica Matarazzo, no bairro Santa Clara.

O encontro ocorreu em Volta Redonda durante evento entre o Governo do Estado e a prefeitura daquele município. O prefeito estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal e deputado estadual eleito Marcelo Cabeleireiro.

– Eu pedi a eles a reabertura da empresa que funcionou durante muitos anos em Barra Mansa, gerando inúmeros empregos e infelizmente, se encontra desativada há mais de 10 anos. Já acertamos para a próxima semana uma reunião para debater a possibilidade de reativar esse importante equipamento de geração de empregos e negócios em nossa cidade. Saio muito animado desse encontro e agradeço imensamente a oportunidade, o carinho e a atenção com essa questão extremamente importante para a nossa cidade – disse o prefeito.

O presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, se comprometeu a buscar alternativas operacionais para a reabertura do imóvel da Matarazzo. “Vamos estudar as possibilidades para uso daquela área e suas instalações a fim de viabilizar a geração de empregos em Barra Mansa”.

Luiz Daury disse que a partir da próxima semana iniciará um estudo mais profundo sobre o imóvel com o objetivo de verificar o que é viável para ser instalado no local.

As empresas do Complexo Metalmecânico

Multiaços: Presente no cenário nacional desde 1988, é uma das líderes no fornecimento de aços planos, galvanizados, perfis, longarinas, chapas grossas e alumínio, todos cumprindo as diversas normas e especificações relacionadas às aplicações industriais. Também oferece soluções que aliam tecnologia e qualidade, resultando no melhor produto para compor a sua linha de produção. Tem atualmente três unidades fabris, em Mauá, Betim e Salto, e três Centros de Distribuição, em Curitiba, Araraquara e Americana.

Steel Service: Distribuidora de bobinas, chapas e rolos de aço carbono – Fina frio – Fina quente – grossa – galvanizada e galvalume. Unidade em Guarulhos – SP.

Brastil (Mastra): Uma empresa fornecedora de soluções em aço, voltada para a prestação de serviços de corte longitudinal e transversal de bobinas de aço, como também no fornecimento de Produtos estampados, tubos curvados e conjuntos soldados para diversos segmentos da indústria nacional. Atua também na distribuição de aços planos e tubos de aço carbono industriais com costura; tem uma unidade em Limeira-SP.

Tuberfil: foi fundada no ano de 1966 na comercialização de tubos de aço e em 1988 passou a ter produção própria. Unidades: Indaiatuba-SP e em Salto-SP

Soufer: Fundada em 1966, a Soufer Industrial Ltda é voltada à fabricação de produtos siderúrgicos, tubos, chapas, perfis, telhas metálicas, telhas termoacústicas para aplicações variadas e usuais, desenvolve também soluções que têm inovado o emprego de produtos siderúrgicos no Brasil na área industrial, agroindustrial e de construção civil. Unidades no Estado de São Paulo (São João da Boa Vista) e Minas Gerais (Cambuí).

Kloeckner & Co: é uma das maiores distribuidoras independentes de aço e produtos de metal do mundo, também uma das empresas líderes em centro de serviços em aço no mundo exercendo também a liderança mundial na digitalização voltada à indústria do aço. Está presente no Brasil desde 2011, através da subsidiária Kloeckner Metals Brasil S.A, atendendo diversos segmentos do mercado de aços planos com uma logística atuante. Unidades em Canoas-RS, Curitiba-PR, Maringá-PR, Piracicaba-SP e São Paulo-SP.

Perfimax: Há mais de 20 anos no mercado, a Perfimax é uma distribuidora de produtos de aço para sistemas construtivos e conta com um diversificado estoque de matéria-prima. Tem matriz em Xanxerê/SC e filial em Pato Branco/PR.

Prada Embalagens: é uma das principais fabricantes de embalagens de aço do país com seis unidades. A empresa tem seis unidades em São Paulo (SP), onde há linhas de montagem, estamparia e litografia; Resende (RJ), com linhas de litografia e estamparia; e em Uberlândia (MG), Lins (SP), Luziânia (GO) e Pelotas (RS), com linhas montadoras.

Fonte: https://diariodovale.com.br/plantao-da-redacao/samuca-e-steinbruch-assin...

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin