BAIXE O MEU APP

Olá, faça seu login ou cadastre-se.

Meio Ambiente

Você está aqui

Folião consciente, meio ambiente protegido durante e após o carnaval

Folião consciente, meio ambiente protegido durante e após o carnaval

Soluções inteligentes, como o glitter biodegradável, ajudam a reduzir materiais como o plástico e permitem cair na folia de forma sustentável

Amigos, se tem uma época do ano em que o Rio de Janeiro se torna o centro das atenções é o carnaval. Só na capital são esperadas seis milhões de pessoas, entre elas 1,5 milhão de turistas, o que representa 400 mil foliões a mais que em 2017.

Rio Carioca será tombado pelo governo do estado por sua importância histórica

Rio Carioca será tombado pelo governo do estado por sua importância histórica

Um dos símbolos do cidade, o Rio Carioca vai ser tombado como Patrimônio Cultural do Estado do Rio. Retratado em pinturas de Debret e Rugendas, o Carioca tem importância histórica incalculável. Foi o primeiro provedor de água potável do Rio — ele abastecia os chafarizes nos tempos coloniais — e deu nome a quem nasce na cidade. Será o primeiro recurso hídrico do município a ser protegido pelo Inepac.

Segue a história

Seminário discute o futuro da Baía de Guanabara

Seminário discute o futuro da Baía de Guanabara

A Secretaria Estadual do Ambiente promoveu, nesta sexta (21/07), o seminário “Baía do Amanhã”, em parceria com o Museu do Amanhã. Representantes do governo e da sociedade civil participaram de debates sobre os desafios para a despoluição da Baía. Com nove milhões de habitantes residentes nos 14 municípios de seu entorno, a degradação ambiental da Baía de Guanabara ainda é uma realidade, devido à falta de saneamento básico, descarte inadequado de lixo e ausência de um modelo de governança eficaz.

Rocinha em sintonia com o meio ambiente

Rocinha em sintonia com o meio ambiente

Comunidade ganha sede do Programa De Olho no Lixo com cooperativa de reciclagem e oficinas de moda e música

Quando: Terça-feira (04/07); às 10h

Onde:  localidade conhecida como Roupa Suja, na Rocinha, ao lado da quadra da Roupa Suja, que fica na saída do túnel Zuzu Angel, sentido Barra da Tijuca.

Conjunto Ermitage: Instituto Estadual do Ambiente tranquiliza moradores

Conjunto Ermitage:  Instituto Estadual do Ambiente tranquiliza moradores

Fruto de diversos boatos que ganharam as redes sociais, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) vem tranquilizar a todos os proprietários dos apartamentos do conjunto Ermitage, no município de Teresópolis, na Região Serrana do Rio.

O Inea está em permanente contato com a Caixa Econômica Federal, finalizando todos os procedimentos restantes. 

Sorteados assinam contrato das 1.215 unidades já sorteadas do Empreendimento Parque Ermitage

Sorteados assinam contrato das 1.215 unidades já sorteadas do Empreendimento Parque Ermitage

Até a próxima quarta-feira, a Caixa Econômica Federal e o Instituto Estadual do Ambiente recebem os beneficiados na FAETEC da Barra para a apresentação dos documentos

Instituto Estadual do Ambiente promove encontro com secretários de Meio Ambiente dos municípios que compõem a Bacia Hidrográfica da Baía de Guanabara

Reunião teve como objetivo fortalecer o diálogo e estimular a parceria entre o órgão ambiental estadual e os municípios que compõem essa bacia hidrográfica

Rio de Janeiro amplia região para vacinação de bloqueio contra febre amarela: 21 municípios passam a adotar a imunização preventiva

Rio de Janeiro amplia região para vacinação de bloqueio contra febre amarela: 21 municípios passam a adotar a imunização preventiva

O Governo do Estado do Rio de Janeiro publicou, na terça-feira (07/02), uma nova resolução no Diário Oficial, determinando a inclusão de cinco municípios na região de bloqueio contra a febre amarela. Localizadas na divisa com o estado de Minas Gerais, as cidades de Valença, Rio das Flores, Quatis, Itatiaia e Resende passam a fazer parte do grupo das 21 localidades fronteiriças que adotarão ações de imunização preventiva para evitar o avanço da doença no Rio de Janeiro.

Estado do Rio de Janeiro se mantém em nível de desmatamento zero

Estado do Rio de Janeiro se mantém em nível de desmatamento zero

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

O Rio de Janeiro permanece em nível de desmatamento zero de Mata Atlântica, segundo dados divulgados hoje (6) pela Fundação SOS Mata Atlântica e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em um estudo dedicado ao estado do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica. A unidade da Federação já foi uma das campeãs de desmatamento deste bioma no passado.

Estudo aponta municípios do Rio de Janeiro que mais regeneraram a Mata Atlântica

Estudo aponta municípios do Rio de Janeiro que mais regeneraram a Mata Atlântica

A Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgam nesta segunda-feira, 06/02, uma avaliação detalhada sobre a regeneração da Mata Atlântica no estado do Rio de Janeiro. O Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, que monitora a distribuição espacial do bioma, identificou a regeneração de 4.092 hectares (ha), ou o equivalente a 40,92 km2, entre 1985 e 2015. A área é maior que a da cidade de Mesquita.

Páginas