BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Curva do J.J. começa a se tornar uma pracinha

Curva do J.J. começa a se tornar uma pracinha

Trecho às margens do Rio Bengalas, em Duas Pedras, ganhou academia, mesas e bancos, lixeiras e mudas de árvores nativas

POR ALERRANDRE BARROS
 

Amarelos e pretos, e ainda embalados com plástico, os aparelhos de uma academia ao ar livre foram instalados na última semana na Curva do J.J., como é conhecido trecho da Avenida Governador Roberto Silveira, na altura de Duas Pedras, que vem sendo revitalizado pelas obras de canalização do Rio Bengalas.

Além da academia, foram instalados na área com maior extensão entre a calçada e o leito do Bengalas, próximo ao posto de combustíveis Raça, dois conjuntos de mesas com banquinhos de concreto, bancos de madeira, comuns em praças, e quatro lixeiras para coleta seletiva. O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) planeja transformar o local em um bosque.

No último dia 8, o órgão deu início ao projeto de paisagismo com o plantio de mais de 300 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica ao longo do rio. Ao todo, mais de 40 espécies, como ipês, quaresmeiras, jequitibás e jatobás, vão compor o novo cenário das margens do rio no trecho canalizado. De acordo com o Inea, a área será recuperada através de arborização, bosqueamento e criação de massas arbustivas. Com as ações, o instituto prevê reduzir o escoamento superficial das águas das chuvas, aumentando sua infiltração e, consequentemente, a diminuição de sedimentos para o rio, reduzindo os custos com a dragagem.

“Quando se desenvolverem, essas mudas estabelecerão uma espécie de parque linear que valorizará paisagística e ambientalmente o espaço”, afirmou o diretor de biodiversidade, áreas protegidas e ecossistemas do Inea, Paulo Schiavo, na ocasião da plantação das mudas.

As obras de canalização e revitalização das margens do Rio Bengalas, no trecho de cerca de 3,4 quilômetros, no distrito de Conselheiro Paulino, vem estimulando a criação de hábitos saudáveis nos moradores. Todos os dias, pela manhã e no fim da tarde, muitos se exercitam, caminhando ou correndo, pelas novas calçadas. “Está muito melhor. Imagine quando as árvores crescerem? Vai ficar uma maravilha!”, disse a comerciante Eliane de Almeida na última sexta-feira, 26, enquanto caminhava pelo trecho com uma amiga.

Além da construção de calçadas e ampliação da calha do rio, o Inea desapropriou, indenizou e demoliu dezenas de imóveis às margens do Bengalas, como estratégia para retirar moradores de áreas de risco. Muitos imóveis foram construídos irregularmente ao longo do rio. As intervenções, porém, ainda não foram concluídas. Ainda está prevista uma segunda etapa de obras no trecho entre o Colégio Municipal Rui Barbosa e a garagem da empresa de ônibus Faol, no Prado,  e também nas imediações da rodoviária norte, em Duas Pedras, até a ponte próxima à fábrica Haga. De acordo com o instituto, o projeto executivo está pronto e aguarda liberação de recursos do Ministério das Cidades.

Fonte: http://avozdaserra.com.br/noticias/curva-do-jj-comeca-se-tornar-uma-prac...

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin