BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Projeto Mais Leitura comemora marca de 2,5 milhões de livros vendidos

Projeto Mais Leitura comemora marca de 2,5 milhões de livros vendidos

Iniciativa, que já beneficiou mais de 600 mil pessoas, visa a democratizar o acesso da população à leitura

Comemorado nesta quarta-feira (29/10), o Dia Nacional do Livro pretende chamar a atenção da população sobre a importância da leitura e o seu papel na formação dos jovens e do conhecimento. Preocupado com isso, o Governo do Estado, através da Imprensa Oficial, criou em 2011 o Projeto Mais Leitura, que democratiza o acesso à leitura, oferecendo livros que custam de R$ 2 a R$ 4. A ação, que possui o slogan “Dentro de um livro, a gente encontra mais que histórias. Encontra cidadania”, já ultrapassou a marca de 2,5 milhões de livros vendidos, beneficiando mais de 600 mil pessoas.

- O Projeto Mais Leitura é importante, pois abre o horizonte das pessoas, e proporciona acesso à informação e ao aprendizado e isso é muito gratificante. O livro não é estático e pode levar o leitor a diferentes lugares, sensações e emoções. Porém, o mais importante é que a iniciativa forma novos leitores. Hoje, 40% dos livros que vendemos são para crianças. Essa leitura trará um enorme benefício e causará um impacto no futuro desse jovem- afirmou o presidente da Imprensa Oficial, Haroldo Zager.

O projeto tem quatro agências fixas nas unidades do Rio Poupa Tempo: no Bangu Shopping, no Shopping Grande Rio, no São Gonçalo Shopping e no Shopping Bay Market, em Niterói, com atendimento de segunda a sexta das 8h às 18h, e aos sábados, das 09h às 13 horas. Cada pessoa pode comprar até 10 livros adultos e cinco infantis.

Além disso, desde setembro do ano passado, foi criada uma versão itinerante, conhecida como “lojão”, que já percorreu 60 municípios do Estado e vendeu mais de 400 mil livros. Até sexta-feira, o Lojão estará na cidade de Duas Barras, na Região Serrana. Com capacidade para mais de 10 mil livros e 700 títulos, o serviço itinerante é um estande de 48 metros quadrados, personalizado com a logomarca do Projeto Mais Leitura, que conta com expositores, computadores e balcão.

O Programa conta ainda com uma versão menor, um estande de 20 metros quadrados, intitulado de “lojinha”. Ele visita comunidades pacificadas, estações do Metrô, terminais rodoviários, além de participar de feiras e eventos. Até o momento, a lojinha já esteve em 22 locais e estará até sexta-feira (31/10) em Paty do Alferes. No estande, são disponibilizados mais de 400 títulos, de todos os gêneros.

Em Maio deste ano, o Projeto Mais Leitura recebeu o título Personalidade Cidadania 2014 por contribuir para o desenvolvimento humano e para o avanço da cidadania no país, nas áreas de Educação, Trabalho e Promoção Social. A iniciativa da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), da Academia Brasileira de Filosofia (ABF) e da Folha Dirigida condecora aqueles que, por meio de suas atividades, promovem o bem comum e o desenvolvimento da sociedade brasileira, na visão dos eleitores. A votação foi feita por meio da internet, com base em colégio eleitoral composto por representantes de diversos segmentos da sociedade.

Agenda:
* 06, 07 e 08/11- a lojinha estará na Segunda Feira de Leitura Interativa de Mesquita, que será realizada na Vila Olímpica do município da baixada fluminense.
06 e 07/11- 8h às 22h/ 08/11- 9h às 19h
*03 a 07/11- o lojão estará em Cordeiro
* 10 a 14/11- o lojão estará em Macuco
*17 a 21/11- lojinha estará na Bibliotecas Parque de Manguinhos
*17 a 21/11- lojão estará em São Sebastião do Alto
*24 a 28/11- lojão estará em Cantagalo
*01 a 05/12- lojão estará em Santa Maria Madalena
*08 a 12/12- lojão estará em Itaocara

Consórcio da Linha 4 do Metrô incentiva leitura

Além de ser um dos responsáveis pelas obras da linha 4 do Metrô, do Governo do Estado (trecho entre Ipanema e Gávea), o Consórcio Linha 4 Sul também está preocupado em incentivar à leitura. É o caso do projeto “Livro nas Praças”, uma biblioteca itinerante com o objetivo de estimular a população ao hábito da leitura. O veículo, que possui um acervo com cerca de 2 mil livros, a cada dia está em um bairro da cidade, que volta a ser visitado duas semanas depois levando contadores de histórias e atividades como leitura dramatizada e teatro literário.

O empréstimo é gratuito e cada pessoa pode pegar até dois livros. Entre os autores presentes no acervo estão Machado de Assis, Ana Maria Machado e Monteiro Lobato, além de autores estrangeiros. Até dezembro, o projeto irá percorrer bairros como o Leblon, Botafogo, São Cristóvão, Estácio, Gamboa, Del Castilho, Encantado, Madureira, Praça Seca e Maré. Nos dias 4 e 18 de novembro, a biblioteca itinerante estará na rua Humberto de Campos, esquina com a avenida Borges de Medeiros, no Jardim de Alah, das 10h às 16h.

-Assim como o metrô, o livro é um legado para as gerações futuras. Essa identificação entre a obra e a leitura nos levou a desenvolver um programa cultural que contemplasse a busca por crescimento pessoal a partir da leitura. A leitura nos permite entender o mundo que enxergamos e imaginar todo o resto, que os olhos não enxergam- afirmou Maria Beatriz Branquinho, responsável por desenvolver e acompanhar os projetos culturais apoiados e patrocinados pelo Consórcio Linha 4 Sul.​

Além do “Livro nas Praças”, o Consórcio tem também o projeto “Biblioteca em Movimento”, que visa aliar teatro, música e literatura. E nos canteiros de obras, os operários que trabalham na escavação da estação Antero de Quental, no Leblon, construíram a própria biblioteca sustentável. A Biblioteca Rubem Fonseca tem mais de 330 títulos para empréstimo aos funcionários, que podem levar os livros para casa ou aproveitar o tempo livre nas áreas de convivência.

Fonte: Isabela Fraga (Assessoria de Comunicação do Governo do Estado)

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin