BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Secretaria de Estado do Ambiente viabiliza R$ 1,8 milhão para concluir obras do Condomínio Ermitage, em Teresópolis

Secretaria de Estado do Ambiente viabiliza R$ 1,8 milhão para concluir obras do Condomínio Ermitage, em Teresópolis

O Governo do Estado do Rio de Janeiro tem hoje 1.600 apartamentos prontos para serem ocupados no Condomínio Ermitage, no município de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, aguardando complementos na parte comum como pavimentação e drenagem, além da exigência da construção de um viaduto sobre a Rodovia BR 116. Os apartamentos são destinados às famílias que ficaram desabrigadas em função das chuvas que atingiram Teresópolis, em 2011.

 

Como o empreendimento está situado em área de amortecimento do Parque Estadual dos Três Picos, administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a Secretaria de Estado do Ambiente, em conjunto com o Inea, conseguiu disponibilizar cerca de R$ 1,8 milhão para as obras de pavimentação, drenagem, redes de água e esgoto e para a instalação de redes de telefonia e iluminação pública. A previsão é de que essas obras sejam concluídas em 60 dias.

 

Ao reunir-se, nesta quinta-feira (5/1), com representantes da Associação das Vítimas das Chuvas de Teresópolis na Paróquia Santo Antônio do Paquequer, no município de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, o deputado estadual André Corrêa anunciou que foi elaborado, em parceria com a CTR - Concessionária Rio Teresópolis que administra a via expressa -, um projeto alternativo de acesso ao condomínio pela rodovia e assegurou que há verba, no valor de R$ 750 mil, para viabilizar o projeto que precisa ser aprovado pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) e pelo Ministério Público.

 

“Vou me reunir com o novo procurador, que será empossado agora em janeiro, e farei um apelo para que esses apartamentos possam ser ocupados imediatamente. Vou explicar que já temos verba para a conclusão de parte das obras e temos um projeto elaborado em conjunto com a CTR. O viaduto ainda não foi construído, mas há uma passagem subterrânea para o condomínio, que já está pronta, e pode ser utilizada pelos futuros moradores”, disse.

 

Licenciado da Secretaria de Estado do Ambiente, André Corrêa continua acompanhando de perto a questão das famílias que aguardam a liberação das unidades. De acordo com o deputado, existe uma preocupação legítima do Ministério Público com a segurança da população. No entanto, diante de um momento excepcional, é preciso buscar um entendimento para que a população, tendo as moradias prontas, não fique impedida de ocupá-las. 

 

Também presente na reunião com os representantes da Associação das Vítimas das de Teresópolis, o prefeito de Teresópolis, Mário Tricano, agradeceu a parceria com a Secretaria de Estado do Ambiente e com o Inea e informou que a Prefeitura já expediu a certidão habite-se,  documento que  atesta que o imóvel está pronto para ser habitado e foi construído ou reformado conforme as exigências legais estabelecidas pela prefeitura.

 

“Quero agradecer à Secretaria do Ambiente que muito se empenhou para que as obras que restavam no condomínio pudessem ser viabilizadas”, acrescentou o prefeito.

 

 

Por Ascom SEA/Inea

Edição: Ascom André Corrêa

Foto: Antonio Kämpffe

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin