BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Lançado oficialmente programa que vai renovar frota de caminhões no Estado

Lançado oficialmente programa que vai renovar frota de caminhões no Estado

Programa prevê a substituição de 40 mil veículos nos próximos cinco anos

RESENDE - O Governo do Estado deu início, nesta quarta-feria (23/10), às vendas de veículos do Programa de Incentivo à Modernização, Renovação e Sustentabilidade da Frota de Caminhões do Estado do Rio. O programa tem como objetivo reduzir a idade média da frota de veículos, que hoje chega a 17 anos. No total, o estado tem 137 mil caminhões, sendo que 51% têm mais de 20 anos de uso. A intenção do Governo é substituir até 40 mil veículos nos próximos cinco anos, abaixando, assim, a média de idade da frota para 12 anos.

Para participar do programa, o dono do caminhão entrega o seu veículo antigo, que será comprado por uma empresa de reciclagem certificada pelo Instituto de Pesos e Medidas (Ipem). As siderúrgicas Votorantim e Gerdau foram as primeiras a serem aprovadas para realizar o trabalho. Após entregar o caminhão antigo para a reciclagem, o dono recebe um certificado no valor do caminhão, o que o habilita a participar do programa. Esse valor será abatido na compra de um novo veículo e ele terá a isenção do ICMS, que hoje está em 12%.

Além disso, o governo vai conceder um crédito dividido em 48 parcelas, o equivalente a 12% do valor do caminhão novo, que será abatido do ICMS que o contribuinte paga sobre as atividades do veículo. De acordo com as regras, o valor do novo caminhão não pode ser inferior a 7,8% do preço do veículo antigo. No evento de lançamento do programa, na fábrica da MAN Latin America, que produz caminhões na cidade de Resende, o governador Sérgio Cabral afirmou que o programa é audacioso principalmente do ponto de vista ambiental. Um caminhão novo emite 20 vezes menos partículas poluentes que os antigos.

- Nós estamos fazendo um gol pelo meio ambiente, porque esses caminhões muito antigos poluem muito mais. Esse programa é ainda mais importante se levarmos em consideração a geração de empregos nesta região – disse o governador, que terminou o seu discurso afirmando que pretende voltar em cinco anos para comemorar os 40 mil novos caminhões novos no estado.

Para o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, o ponto que diferencia esse programa dos demais já feitos para incentivar a compra de caminhões é que o atual tem como principal intuito retirar os veículos velhos das ruas.

- Todos os outros programas davam incentivo para a compra de novos caminhões, mas os antigos continuavam andando por aí. Esse é diferente. Nós vamos fazer uma renovação da frota – afirmou Pezão.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, destacou a importância do programa para o fortalecimento da produção de caminhões no estado. Todo o incentivo só é dado para as compras de veículos produzidos no Rio.

- Nós lutamos para que o dinheiro produzido aqui seja gasto aqui. O comprador tem que comprar no nosso estado para ter todos os benefícios – disse o secretário.

O programa já vendeu 200 caminhões antes mesmo do seu lançamento. Cem unidades foram vendidas para o Sindicarga (Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas e Logística do Rio de Janeiro) e outras 100 para a empresa de logística e transportes JSL. De acordo com o presidente da Sindicarga, Francesco Cupello, tudo o que o empresário precisa é de incentivo para investir mais no estado.

- Nós temos muitos tributos no país e um programa desse é essencial para incentivar o investimento aqui - disse Cupello, que já pensa em comprar mais unidades dentro do programa. O Sindicarga representa 350 empresas em todo o estado.

Montadora receberá investimento de R$ 1 bilhão até 2016

A MAN Latin America, que chegou em Resende em 1996, está investindo mais de R$ 1 bilhão no estado. O ciclo de recursos, que começou em 2012, vai até 2016. Para o presidente da empresa, Roberto Cortes, esta é a continuação de um projeto que começou em 2008 e que prevê a ampliação da capacidade produtiva da cidade nos próximos anos.

– O Governo do Rio é mais uma vez o nosso parceiro no novo período de novos investimentos em Resende. Isto aumentará a geração de renda que promovemos na região – disse o presidente.

Fonte: Site do governo do Estado

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin