BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Secretaria do Ambiente destrói ranchos de caça na maior Unidade de Conservação do Estado do Rio

Ranchos de caça foram destruídos e uma vasta quantidade de material de caça apreendido na operação realizada pela Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), na madrugada deste sábado (4/7), no Parque Estadual dos Três Picos, em Guapimirim. Dentre os objetos achados, no local de pernoite dos criminosos, estavam um alçapão para captura de pássaros, armadilhas para pequenos mamíferos  e  trabucos, - armadilha preparada com arma de grosso calibre para atirar ao ser acionada pela passagem de animais - uma ameaça para quem percorre as trilhas da Unidade de Conservação.

A blitz ambiental liderada pela Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca), da SEA, contou com o apoio da Polícia Militar Ambiental e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) para reprimir a caça predatória de animais silvestres na área de Mata Atlântica, próxima ao Centro de Primatologia do Inea.

Policiais militares da Cicca, do Serviço Reservado da Polícia Militar Ambiental e agentes do Inea, adentraram a mata, no início da madrugada, disfarçados de caçadores que tinham a intenção de pernoitar na região, utilizando, para isso, o próprio rancho dos criminosos.

A movimentação de caçadores locais, que realizam a captura e abate de animais
nessa area de Mata Atlântica, já estava sendo monitorada pela Cicca há meses. A pena para quem for flagrado praticando caça com apetrechos ilegais de caça e arma de fogo pode chegar a até quarto anos de reclusão com multas individuais de até R$ 10 mil.

O coordenador da Cicca, coronel José Maurício Padrone, ressaltou os sérios prejuízos ambientais que a caça de animais silvestres traz para o meio ambiente da região.

“Num tempo em que estão cada vez mais visíveis os efeitos deletérios da extinção de animais para a sobrevivência humana e a destruição da biodiversidade, há ainda uma mentalidade nefasta, que insiste em práticas criminosas como a caça de animais silvestres”, disse o coordenador Padrone.

Maior Unidade de Conservação do Estado do Rio de Janeiro, o Parque Estadual dos Três Picos, possui mais de 65 mil hectares de território nos municípios de Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu, Guapimirim, Teresópolis e Silva Jardim. As águas das nascentes do parquet é responsável pelo abastecimento de 15 municípios, com mais de 2 milhões de habitantes. A preservação de sua mata assegura uma melhor qualidade do ar e o abrandamento da temperatura na Região Serrana e nas Baixadas Fluminense e Litorânea.

Fonte: Ascom SEA/Inea

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin