Olá, faça seu login ou cadastre-se.

Você está aqui

Projeto garante oferta de água para 50 mil pessoas no Médio Paraíba

Projeto garante oferta de água para 50 mil pessoas no Médio Paraíba

A Bacia Hidrográfica do Rio das Flores já conta com cerca de 135 mil novas mudas de árvores nativas da Mata Atlântica. A iniciativa faz parte do Projeto Água do Rio das Flores, da Secretaria do Ambiente, que tem como objetivo preservar a mata ciliar do principal manancial de abastecimento público de Valença. No total, até 2021, serão replantadas um milhão mudas, em área correspondente a 610 hectares. Já foram restaurados até agora, 81,2 hectares.

– Esta ação irá promover a oferta de água, em qualidade e quantidade, para as atuais e futuras gerações. Estudos publicados por diversas instituições, como a WWF (Fundo Mundial para a Natureza), comprovam que as áreas recobertas por florestas garantem maior infiltração da água no solo e recarregam os aquíferos que alimentam os cursos d’água – disse o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Inea, Paulo Schiavo.

Bacia Hidrográfica de Rio das Flores ganha 135 mil novas mudas de árvores
 
A recuperação ambiental irá garantir a oferta de água para 50 mil pessoas; o equivalente a 80,6% da população total do município. Até o momento, 33 proprietários aderiram ao projeto e se comprometeram a recuperar áreas de nascentes; matas ciliares e áreas de recarga para restauração florestal.

– A importância da conservação e recuperação das florestas e dos solos ficou mais evidente após a crise hídrica; tornando-se ainda mais evidente que a água é um bem escasso e essencial para a sociedade. O projeto Água do Rio das Flores vem a contribuir para reverter o processo de degradação do solo; encostas e das matas ciliares, tornando os proprietários rurais da bacia protagonistas e parceiros para garantir o futuro do município de Valença – afirmou a coordenadora de Gestão do Território e Informações Geoespaciais do Inea, Marie Ikemoto.

Secretaria do Ambiente

A iniciativa, que acaba de concluir a sua primeira fase, é executado pela Secretaria do Ambiente e pelo Inea (Instituto Estadual do Ambiente); em parceria com a Fundação Dom André ArcoVerde, Concessionária RIOgaleão,Ferroport e o Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul e foi lançado em novembro de 2016.

Aos interessados, ainda é possível participar do projeto. Dentre os benefícios, o proprietário receberá apoio gratuito para inscrição no Cadastro Ambiental Rural. Mais informações: (24) 2453 0756 ou e-mail: [email protected].

Veja mais: conheça a página do Programa Água do Rio das Flores
 

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de