BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Indústria automobilística acelera desenvolvimento do Sul-Fluminense

Do canteiro de obras para o cargo de supervisor. Leonardo Muniz da Silva, 34 anos, acompanhou toda a instalação e evolução da PSA Peugeot Citröen, em Porto Real, no Sul Fluminense. Trabalhou como pedreiro na construção da fábrica durante um ano, mas tinha como objetivo se tornar um dia funcionário da montadora. Para isso, se inscreveu no curso de Montagem Automotiva do Senai e, em 2000, foi contratado pela empresa, inaugurada no ano seguinte. Começou como operador na área de montagem e, há quatro anos, se tornou Responsável de Unidade Estratégica de Produção do setor.

Líder do governo na Alerj, o deputado André Corrêa foi responsável pela articulação da aprovação das mensagens do Executivo que possibilitaram regime tributário diferenciado para a instalação das novas fábricas de automóveis em nosso estado.

Áudio – ANDRÉ CORRÊA comenta projetos de incentivos aprovados

“A possibilidade de sair do serviço informal e trabalhar com carteira assinada foi o que mais me atraiu. Tudo que eu tenho hoje é graças ao meu emprego. Fiz faculdade, comprei minha casa própria, consigo dar uma boa educação aos meus filhos. Meus pais, por exemplo, demoraram 30 anos para ter a casa própria deles. Eu conquistei a minha em 5 anos”, disse Leonardo.

Transformação que não se restringe a vida de Leonardo. As mudanças abrangem todo o município, como por exemplo, o setor imobiliário. Marcos Antônio dos Santos Carvalho, 32 anos, também funcionário da PSA Peugeot Citröen, comemora a valorização provocada pela chegada das montadoras.

“Houve uma motivação por parte dos empreendedores para abrir novas empresas, principalmente na área da construção civil. E se não fossem os empregos gerados pelas fábricas, com certeza o mercado imobiliário não estaria tão aquecido. É nítida a expansão. Um terreno que eu comprei por R$ 7,9 mil, em 2002, hoje está valendo R$ 65 mil”, contou Marcos Antônio.

E a tendência é que essas fábricas cresçam cada vez mais. A PSA Peugeot Citröen anunciou que vai aumentar sua capacidade de produção, atualmente de 150 mil unidades por ano, para 220 mil veículos em 2012. A estimativa é dobrar a capacidade até 2015, passando para 300 mil unidades. Com isso, novos 800 postos de trabalho serão oferecidos na fábrica de Porto Real.

Outra montadora que também pretende duplicar a produção é a MAN Volkswagen (caminhões e ônibus), que fica em Resende, também na região do Médio Paraíba, no Sul Fluminense. Atualmente, a montadora possui cerca de sete mil funcionários, sendo 20% mulheres. Muitas delas estão deixando o comércio em busca de estabilidade e melhores salários. É o caso de Tatiane Ribeiro Crispim, de 24 anos, que há dois anos é operadora do setor de montagem da MAN.

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin