BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Polícia ambiental do Parque Estadual do Desengano deflagra ação para coibir crimes ambientais em Santa Maria Madalena

Polícia ambiental do Parque Estadual do Desengano deflagra ação para coibir crimes ambientais em Santa Maria Madalena

Policiais da Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano, administrado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), deflagraram nesta quinta-feira (24/11) uma fiscalização para coibir crimes ambientais na zona de amortecimento da unidade de conservação, em Santa Maria Madalena, no Norte Fluminense. Durante a ação, os agentes encontraram áreas desmatadas de Mata Atlântica, cerca de 30 palmeiras derrubadas para extração ilegal de palmito e um abrigo provisório. Ninguém foi preso.

 

A partir de denúncias, os policiais chegaram ao local e constataram que o abrigo provisório, utilizados por caçadores, era feito de material plástico e madeira da própria floresta. Além disso, uma pequena quantidade de comida foi encontrada, com o objetivo de atrair animais para o local. A moradia foi demolida pela equipe da Unidade de Policiamento Ambiental da unidade de conservação.

 

A população pode realizar denúncias de crimes ambientais através do Linha Verde, através dos telefones 2253-1177 (Capital) e 0300 235 1177 (Interior). 

 

O Parque Estadual do Desengano está localizado no Norte Fluminense e tem uma área de aproximadamente 22.400 mil hectares. Abrange partes dos municípios de Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos dos Goytacazes.

 

Por Ascom SEA/Inea

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin