BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Veja a lista de 10 cachoeiras fantásticas no Estado do RJ

Veja a lista de 10 cachoeiras fantásticas no Estado do RJ

O Rio de Janeiro é dono de uma natureza exuberante, por isso é tão difícil fazer qualquer lista sobre esse assunto. Tentei reunir aqui as dez cachoeiras mais bonitas do nosso Estado. Segue a lista:

#10. Cachoeira Ronco D’Água – Valença

Localizada na Estrada RJ-143 – Valença / Conservatória – Bairro Rancho Novo.  A cachoeira possui três quedas, seguidas de piscinas naturais. O primeiro salto tem aproximadamente 12 metros de largura, com queda de 7 metros de altura. Um lindo lugar para visitar com a família:
 

Ronco Dágua.

Foto: Jean Tavares

 

#9. Cachoeira dos Treze

Com duas quedas, sendo a maior de 30 metros, a bela cachoeira fica localizada no meio da estrada Petrópolis – Teresópolis. Um local de Mata Atlântica privilegiada. Também é conhecida como Cachoeira da Macumba por já ter abrigado muitos rituais religiosos.

cachoeira_dos_treze_-_petropolis_-_rj

Foto: Raquel Soule

 

#8. Cachoeira dos Frades – Teresópolis

Um dos cartões postais de Teresópolis, possui uma linda queda de aproximadamente 10 metros de altura, com declive acentuado e um grande volume d'água que forma uma grande piscina natural. Suas águas transparentes com um fundo de areia bem branquinha são um convite para um delicioso banho refrescante.

CachoeiraFrades_05

Foto: Hugo de Castro

 

#7. Poço do Marimbondo – Visconde de Mauá/Resende

O caminho é desafiador, formado por uma trilha semipesada, mas a vista maravilhosa do vale, as árvores centenárias e o belo Poço do Marimbondo, formado naturalmente, compensam o esforço.

Poço do Marimbondo

Foto: Pousada Águas Claras

 

#6. Cachoeira da Amorosa – Conceição de Macabu

O nome Amorosa é controvertido. Uma versão diz que o nome está relacionado a uma lendas indígena da região, a famosa Lenda da Amorosa. Como é uma lenda romântica, dramática, o nome Amorosa teria tudo a ver com o romance lendário dos índios macabuenses.

Uma outra versão, diz que a atual cachoeira tinha o nome de “Véu-de-Noiva”, tendo derivado para “Cachoeira dos Amores” e daí para Amorosa.Os maiores indicativos nos dão uma quase certeza que o nome Amorosa tem mesmo a ver com as lendas romanceadas que sempre fazem referência à região.

A Cachoeira tem dois saltos paralelos, com altura aproximada de 15 metros, que em época de maior incidência de chuvas podem se tornar um só. Os saltos formam uma piscina natural com pouca profundidade. Um dos maiores e mais belos balneários da região, com restaurantes e pousadas, área de campismo, canoagem e outros esportes radicais.

Cachoeira amorosa

Foto: Marcelo Abreu

 

#5. Cachoeira do Robertão – Barra Mansa

O que impressiona não é tanto a altura (são duas quedas com apenas 10 metros cada), mas sim a formação rochosa em C, como se fosse um buraco. Diferentemente de muitos rios barrentos e escuros, a água é verde cristalina e com pouca profundidade. Localiza-se em terras da fazenda Ribeirão Claro, no distrito de Nossa Senhora do Amparo, distante 4km do centro.

Cachoeira do Robertão

Foto: Turismo Vale do Café

 

#4. Poço do Céu – Resende

Um dos principais pontos turísticos do Parque de Itatiaia com forte preservação ambiental. A trilha para chegar ao poço sai de uma propriedade privada que cobra entrada já com um guia incluído (obrigatório). São cerca de 2,5km do camping da Serrinha até a entrada da propriedade. A trilha dura cerca de meia hora por trecho. O acesso não é simples, mas a vista compensa.

Poço do Céu

Foto: Diego Pacheco

 

#3. Cachoeira do Rio Bracuí – Angra dos Reis

Além de uma beleza incomparável, esta cachoeira tem uma grande peculiaridade: ela se forma em São Paulo, mas deságua no Rio. Isso porque fica na Serra da Bocaina, na divisa entre os dois estados. São cinco quedas d’água que juntas tem uma altura de 1100 metros.

bracuhy_-_angra_dos_reis_-_rj

Foto: Inea

 

#2. Cachoeira Tombo D’Água – Campos dos Goytacazes

Belíssima cachoeira localizada na região do Sossego do Imbém, em Campos dos Goytacazes, no Norte do Estado. Faz parte do Parque Estadual do Desengano, que inclui outras belíssimas cachoeiras como a Cachoeira Maracanã, o Poço da Babilônia, a Cachoeira Roncador, a Cachoeira Bonita e a Cachoeira da Cascata.

Tombo D'Água

Foto: Roberto Moraes

 

#1. Cachoeira Conde D’Eu – Sumidouro

Com o nome em homenagem ao marido da Princesa Isabel, é a maior cachoeira do estado. A impressionante queda de 127 metros do Rio Paquequer fica na Região Serrana, próximo a Nova Friburgo. Ao atingir as pedras, o volume de água forma uma nuvem de gotículas que facilitam a formação de arco-íris. O cenário serviu de inspiração para o escritor José de Alencar no romance O Guarani.

Conde D'Eu

Foto: Desviantes

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin