BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Obras do futuro Hospital Regional em Valença estão próximas do início

Obras do futuro Hospital Regional em Valença estão próximas do início

Na manhã de terça-feira, 17 de setembro, com a presença de representantes do Governo do Estado e da Concrejato, empresa vencedora da licitação, tiveram início os preparativos para a tão esperada obra de reforma do Hospital Geral de Valença. Foram instalados tapumes, engenheiros e membros da Santa Casa discutiam detalhes sobre os futuros trabalhos.

Quando começar a atender a população, o novo Hospital Regional terá 20 leitos de UTI adulto e 20 leitos de UTI neonatal, tornando-se um novo polo de tratamento intensivo e maternidade de alto risco. O projeto ficou orçado em R$ 8,5 milhões de obras e 3,5 milhões em equipamentos como ar condicionado central e novos elevadores.

A primeira etapa compreende a realização do projeto executivo. Toda estrutura será revista, permitindo um detalhamento da mesma para depois entrarem na fase de demolições para ampliação de alas.

A parte arquitetônica não deverá sofrer grandes modificações, apenas algumas salas ou setores, assim como o jardim perante o prédio, que será mantido e melhorado. 

Histórico do processo de reabertura do Hospital José Fonseca

O projeto de lei no. 1.834/2012, de autoria do deputado André Corrêa, autorizou o governo estadual a criar o Centro Regional de UTIs e Maternidade de Alto Risco no Hospital Geral José Fonseca, já desapropriado pelo estado.

Esse projeto viabilizou o ato de desapropriação, ao incluir a autorização orçamentaria para implementação do futuro hospital. A iniciativa põe fim às incertezas sobre o destino do hospital e indica que o estado assumiria o projeto para sua recuperação e reabertura.

O governo do Estado, através da Secretaria de saúde, pagou em 19 de junho, a primeira parcela referente à desapropriação das instalações do Hospital Geral, no valor de R$ 3,5 milhões. Acompanhando do deputado André Corrêa, o provedor Luiz Sergio esteve no Rio, quando recebeu o cheque administrativo referente ao valor da parcela.

A pedido do deputado André Corrêa, a Provedoria da Santa Casa priorizou o pagamento dos passivos trabalhistas dos ex-funcionários do Hospital Geral. No dia 28 de junho, a Provedoria iniciou o processo de pagamento dos seus ex-funcionários.

Nas últimas semanas, mais dois importantes passos foram concluídos: em agosto, o Tribunal de Contas aprovou o projeto do novo hospital e, em 22 de agosto, foi realizada a licitação que definiu a empresa Concrejato como responsável pela obra que agora, se inicia, com previsão de duração em torno de 10 meses.

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin