BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Rio das Flores vai receber o plantio de um milhão de mudas nativas de Mata Atlântica, em Valença, região Sul Fluminense

Rio das Flores vai receber o plantio de um milhão de mudas nativas de Mata Atlântica, em Valença, região Sul Fluminense

Onde: Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), Rua São Jorge, nº 184, município de Valença, região Sul Fluminense

Quando: sexta-feira (11/11); às 14h30min (término previsto para às 16h).
 
O secretário estadual do ambiente, André Corrêa, e o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marcus Lima, lançam nesta sexta-feira (11/11) o Projeto Rio das Flores, no município de Valença, região Sul Fluminense. Importante iniciativa para preservação das nascentes e das matas ciliares do principal manancial de abastecimento público da cidade, o projeto prevê o plantio de mais de um milhão de mudas de espécies nativas de Mata Atlântica na bacia hidrográfica do Rio das Flores, promovendo a restauração florestal de área correspondente a 610 hectares. 
 
O projeto faz parte do Programa Pacto pelas Águas, que visa aumentar a segurança hídrica a médio e longo prazo no Estado através de ações de restauração e conservação florestal de áreas prioritárias de mananciais estratégicos tais como nascentes, margens de rio, áreas de recarga de mananciais e áreas úmidas.  
 
O projeto será executado pela Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA), em parceria com a Fundação Educacional Dom André ArcoVerde (FAA/CESVA), Concessionária RIOgaleão, Ferroport e o Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP). 
 
Com duração de cinco anos, a ação de recuperação ambiental irá  promover a oferta de água, em qualidade e quantidade, para as atuais e futuras gerações. Estudos publicados por diversas instituições, como a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura) e a WWF (Fundo Mundial para a Natureza), comprovam que as áreas recobertas por florestas garantem maior infiltração da água no solo e recarregam os aquíferos que alimentam os cursos  d'água. Além disso, evita o processo de erosão que acaba causando o assoreamento dos rios e o aumento de correntezas.
 
Principal manancial de abastecimento de Valença, o Rio das Flores, cujo ponto de captação fica no bairro Passagem, é responsável pelo atendimento de mais de 50 mil habitantes ou aproximadamente 80% da população do município. 
 
O  lançamento do projeto será marcado pelo plantio de 200 mudas nativas realizado por estudantes do Centro Interescolar Agrícola Monsenhor Tomas Tejerina de Prado (Polo Agrícola), moradores de comunidades vizinhas e convidados das empresas e instituições parceiras, em área próxima a captação do Rio das Flores, ao lado Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). 
 
A iniciativa também conta com uma parceria fundamental, a adesão e participação  dos proprietários rurais inseridos na área de atuação do projeto que estejam com sua propriedade regularizada, com inscrição e registro no Cadastro Ambiental Rural (CAR), conforme determina a Lei de proteçăo da vegetaçăo nativa ou "Novo Código Florestal Brasileiro" (Lei 12.651/2012). Até o momento, 22 proprietários rurais já aderiram ao projeto para contribuir com as ações de restauração de matas ciliares em sua propriedade.
 
A SEA e o INEA, em parceria com a Fundação Dom André ArcoVerde, a Concessionária RIOgaleão, a Ferroport e o Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP), irão oferecer assistência técnica aos proprietários rurais interessados e financiar as ações de restauração florestal e isolamento dessas áreas, quando necessário.  
 
Dentre as outras ações do Pacto pelas Águas em curso, destaca-se a parceria celebrada entre o Instituto Estadual do Ambiente, a Fundação Roberto Marinho e o Instituto Terra para promover a formação de jovens para restauração de áreas degradadas e na proteção de nascentes. Em dezembro de 2016, serão formados dez técnicos em restauração ecossistêmica. Os alunos são oriundos de escolas agrotécnicas na porção fluminense bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul. Com a iniciativa, espera-se promover a inclusão de jovens no mercado de trabalho, a geração de empregos “verdes” e o incremento da renda local.
 
Também estarão presentes na cerimônia o presidente da FAA/CESVA (Fundação Educacional Dom André ArcoVerde),  José Rogério  Moura de Almeida Filho; o Presidente do RIOgaleão, Luiz Rocha;  o Gerente Geral de Sustentabilidade da Ferroport, Marcio Redivo; (a confirmar representante da FRM) e o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do INEA, Paulo Schiavo.

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin