BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Agricultura e Sebrae Fomentam Cadeias da Agropecuária Fluminense

Agricultura e Sebrae Fomentam Cadeias da Agropecuária Fluminense

A Secretaria de Agricultura e Pecuária, através do Programa Rio Rural e da Emater-Rio, unirá forças com o Sebrae para o desenvolvimento sustentável de duas importantes cadeias da agropecuária fluminense: a pecuária leiteira e a produção de alimentos orgânicos. Inicialmente, a nova parceria institucional agregará tecnologias avançadas de produção agroecológica e novos investimentos, em benefício de 500 agricultores familiares fluminenses.

O Rio Rural e o Sebrae-RJ destinarão verbas para apoiar os agricultores na implantação dos projetos, e a Emater-Rio prestará assistência técnica. O objetivo é aumentar a produtividade e a qualidade dos produtos, com responsabilidade socioambiental, gerando mais renda e qualidade de vida para o pequeno produtor.

Para o secretário de Agricultura, Alberto Mofati, a parceria com o Sebrae vai ampliar a capacidade de trabalho das estruturas existentes, permitindo levar tecnologia de forma mais intensiva ao agricultor familiar fluminense.

– No futuro, essa experiência poderá ser estendida para o fomento de outras cadeias alimentares, trabalhando sempre focado na sustentabilidade rural – disse Mofati.

Contratado pelo Sebrae-RJ, o Instituto BioSistêmico (IBS) dará suporte às ações, oferecendo equipamentos de ponta para um diagnóstico das propriedades, fazendo a análise do solo, da água, e de todos os elementos considerados durante o planejamento produtivo. As propriedades passarão por um processo de adequação, com ajustes no manejo do solo e da irrigação, além do controle integrado de pragas e doenças, garantindo maior qualidade ao produto final.

Na cadeia de orgânicos, será trabalhada, em todo o estado, a transição do modo de produção convencional para o agroecológico, aprimorando e difundindo o sistema do cultivo em mandalas, já utilizado em projetos apoiados pelo Sebrae e pelo Rio Rural. O objetivo é fortalecer os agricultores familiares e ajudá-los a comercializar a produção para a merenda escolar e outros programas institucionais do governo, como o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos).

O aumento da produção visa garantir também a oferta de produtos da horticultura fluminense durante a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas, período em que o Brasil vai receber milhares de visitantes.

Na cadeia do leite, a parceria atenderá pecuaristas do Norte e do Noroeste Fluminense, com apoio à implantação de técnicas adequadas de manejo, como o pastejo rotacionado. O IBS disponibilizará um laboratório móvel, que permite análise da saúde do rebanho e monitoramento de todas as etapas de produção.

Na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, o Deputado André Corrêa, sempre luta para que agricultores e pecuaristas tenham mais fomento e acessibilidade, principalmente, na questão de redução de ICMS.

Fonte: Ascom da Secretaria de Agricultura

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin