Olá, faça seu login ou cadastre-se.

Você está aqui

Parque Estadual da Serra da Tiririca recebe inscrições para o Programa de Voluntariado Ambiental

Parque Estadual da Serra da Tiririca recebe inscrições para o Programa de Voluntariado Ambiental

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) recebe, até o dia 17 de abril, inscrições para o Programa de Voluntariado Ambiental. São 15 vagas destinadas exclusivamente ao Parque Estadual da Serra da Tiririca, que abrange partes dos municípios de Niterói e de Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A iniciativa tem por objetivoaproximar a sociedade da gestão e manejo dos recursos naturais nas áreas protegidas que são administradas pelo Estado, promovendo a sensibilização e o intercâmbio de experiências com os profissionais do Inea. O edital do Programa de Voluntariado Ambiental está disponível no portal do Inea: www.inea.rj.gov.br.

 

Para participar, é necessário ser maior de 18 anos e ter compromisso e responsabilidade com a conservação ambiental. As inscrições podem ser efetuadas através do e-mail [email protected], com o assunto “Inscrição para Voluntariado Ambiental”, onde devem ser enviados os seguintes documentos: ficha de inscrição preenchida, carteira de identidade, cadastro de pessoa física (CPF), comprovantes de residência e habilitação profissional (diploma, certificado e etc.) e curriculum vitae.

 

Quem optar por efetuar sua inscrição pessoalmente, deverá comparecer com toda a documentação necessária, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, na sede doParque Estadual da Serra da Tiririca situada na  Rua Engenheiro Domingos Mônica Barbosa, lote 4, s/nº, Recanto de Itaipuaçu, Maricá. Mais informações pelo telefone 2638-4411.

 

Os interessados serão selecionados por meio de análise de documentação, currículo e entrevista. A área de atuação dos inscritos vai desde o atendimento ao público e manutenção de trilhas à educação ambiental e apoio à pesquisa científica e conservação da biodiversidade.

 

 “Estamos trabalhando para que o Programa de Voluntariado seja inovador e inclusivo. Temos como objetivo estimular práticas voluntárias em ambientes naturais do Estado, aproximar pessoas da temática ambiental e envolver os cidadãos em atividades que ajudem na conservação da biodiversidade”, afirmou o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Inea, Paulo Schiavo.​

 

Por Ascom SEA/Inea

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de