BAIXE O MEU APP

Notícias

Você está aqui

Três caminhões reforçam limpeza dos pilares da Ponte do Gote, em Campos

Três caminhões reforçam limpeza dos pilares da Ponte do Gote, em Campos

Com o reforço, a capacidade de transporte do material retirado da estrutura, em São Martinho, na Baixada Campista, pode chegar a 120 carregamentos por dia

Já estão em atividade desde segunda-feira (5), os três caminhões caçamba que reforçam o transporte de vegetação e sedimentos retirados do entorno dos pilares da Ponte do Gote, sobre o Canal das Flechas, na localidade de São Martinho, na Baixada Campista. A intervenção começou no dia 30 de novembro, último, quando duas máquinas e outros três caminhões iniciaram a retirada de toneladas de material do local. A ação é resultado de parceria da Superintendência municipal de Agricultura com a Secretaria Estadual do Ambiente.

A limpeza é para permitir que o fluxo da água da Lagoa Feia em direção ao mar, através do canal, ocorra sem problemas, caso o nível da lagoa suba muito nas próximas semanas. O início da temporada de chuvas na região do Imbé faz subir a Lagoa de Cima, que despeja seu excesso de água na Lagoa Feia, através do Rio Ururaí. Sem a intervenção, aumenta o risco de a ponte ser arrastada pelo mato e sedimentos empurrados pela força da correnteza, como já ocorreu.

— Com o reforço dos três caminhões do Programa Limpa Rio, cedidos pela Secretaria Estadual do Ambiente com as outras máquinas na parceria que firmamos com o deputado André Corrêa, estamos dobrando a capacidade de transporte de material retirado dos pilares, podendo chegar a 120 carregamentos, por dia. Estamos correndo contra o tempo, pois tem chovido muito na região do Imbé e a maior parte da água vem pra Lagoa Feia — explica o superintendente Nildo Cardoso.

Nesta quinta-feira (7), o rio Ururaí atingiu 2.42m. A cota de transbordo é de 2.80m. Desde domingo, o nível da Lagoa Feia, que recebe água do Ururaí, tem oscilado entre 3.61m e 3.67m, com a situação sendo mantida sob controle. “O risco é chover forte no Imbé por dias seguidos, pois em pouco tempo a Lagoa Feia receberia muita água e teria que ser esvaziada para não alagar a Baixada. Por isso estamos trabalhando a todo vapor”, acrescenta Nildo.

Como a vegetação e sedimentos próximos à ponte já foram quase todos retirados, será feita uma intervenção na comporta do canal. “Vamos abrir uma das comportas, para que a corrente de água vinda da lagoa carregue mais vegetação para a área dos pilares, para que o trabalho tenha continuidade em seu ritmo normal”, completa o superintendente.

Desde a semana passada, todo o material retirado do entorno dos pilares é transportado pelos caminhões para uma propriedade rural nas proximidades. Por: Edson Cordeiro - Foto: Divulgação

Inscreva-se para se manter atualizado e receber notícias sobre o meu mandato para a sua cidade.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin