Olá, faça seu login ou cadastre-se.

Você está aqui

Prefeitura e Inea cooperam para dar andamento ao Morar Seguro

Prefeitura e Inea cooperam para dar andamento ao Morar Seguro

Secretaria de Obras e Habitação vai ajudar no levantamento de famílias a serem contempladas e também na demolição dos imóveis condenados

A prefeitura vai ajudar o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) a dar sequência ao programa Morar Seguro, criado pelo Governo do Estado para reassentar famílias que moram em locais de risco e promover reflorestamento. As demolições das casas, antes sob responsabilidade do órgão estadual, vão passar para a Secretaria de Obras e Habitação e serão incluídas no valor de R$ 75 milhões destinado pela União ao programa que é realizado no Morin. A pasta também ajudar no estudo das áreas prioritárias dentro do município para receber o programa.

Uma nova reunião já foi marcada para o final desse mês, quando serão analisadas as áreas de riscos e acertado um cronograma visita aos locais estudados. A Caixa, responsável pela análise dos laudos e pagamento das indenizações, vai acompanhar o levantamento das famílias de perto para que o processo seja agilizado.

A primeira etapa aconteceu na Rua Otto Reymarus, no Lagoinha, onde 39 famílias foram indenizadas e tiveram as casas demolidas após a saída dos moradores. Mais de 270 já foram cadastradas para receber as indenizações.

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de