Olá, faça seu login ou cadastre-se.

Você está aqui

Refúgio da Vida Silvestre Estadual da Serra da Estrela é debatido com a sociedade em Duque de Caxias

Refúgio da Vida Silvestre Estadual da Serra da Estrela é debatido com a sociedade em Duque de Caxias

Nova unidade de conservação abrangerá partes dos municípios de Petrópolis, Duque de Caxias e Magé

A criação do Refúgio da Vida Silvestre Estadual na Serra da Estrela foi o tema da consulta pública promovida pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), nesta quarta-feira (19/4), no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A reunião teve por objetivo apresentar e debater com a população a importância da criação desta unidade de conservação, que terá aproximadamente cinco mil hectares e abrangerá partes dos municípios  de Petrópolis, Magé e Duque de Caxias.

A consulta pública contou com a presença de aproximadamente 80 pessoas, entre eles, moradores e estudantes que aprovaram a iniciativa e consideraram a proposta fundamental para a proteção da biodiversidade local:

“A receptividade e a participação da sociedade foram bastante positivas. A Secretaria de Estado do Ambiente acredita nesta unidade de conservação como medida importante para a proteção da biodiversidade e para o desenvolvimento sustentável dos municípios abrangidos”, destacou o superintendente de Biodiversidade e Florestas da Secretaria de Estado do Ambiente, Fernando Matias.

“A criação deste Refúgio irá consolidar o corredor central de Mata Atlântica que unirá duas importantes unidades de conservação: a Reserva Biológica Federal do Tinguá e o Parque Nacional da Serra dos Órgãos”, destacou o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Instituto Estadual do Ambiente, Paulo Schiavo.

A proposta de criação do Refúgio da Vida Silvestre Estadual na Serra da Estrela (Projeto de Lei nº 3158/2014)  tem o objetivo de proteger espécies da flora endêmicas de Mata Atlântica e animais migratórios, raros e ameaçados de extinção como o sapinho pingo-de-ouro (Brachycephalus margaritatus), entre os anfíbios; o pixoxó (Sporophila frontalis) e o macuco (Tinamus solitarius) entre as aves e o sagui-da-serra-escura (Callithrix aurita) e o mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) entre os mamíferos.

A primeira consulta pública foi realizada no município de Petrópolis, no dia 31 de março.  A próxima reunião será realizada no município de Magé no dia 18 de Maio, no colégio Estadual José Veríssimo, ao lado da entrada da Imbel. O local fica na Avenida Duque de Caxias, n° 627, Vila Inhomirim. Horário: 16h.

Veja todas as fotos:

 

Audiência Pública para a criação do Refúgio da Vida Silvestre Serra da Estrela - Caxias

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de