BAIXE O MEU APP

Artigo

Você está aqui

Nota Oficial sobre a Operação Furna da Onça

Nota Oficial sobre a Operação Furna da Onça

Sobre o ocorrido da manhã de oito de novembro:

Deus no controle sempre. Nunca envergonhei vocês. Confio na justiça do meu Estado e do meu País. Quem não deve não teme. Lamento que no momento que 44 deputados assinam um compromisso com minha candidatura à Alerj isto aconteça. Repito que estou tranquilo. Quem me conhece sabe meu modo de agir. Continuarei de cabeça erguida. Não tenho sequer advogado. CONFIO EM DEUS.

Sobre Carlos Miranda:

ÉTICA NA POLÍTICA – UMA EXIGÊNCIA DA SOCIEDADE

ANDRÉ CORRÊA – DEPUTADO ESTADUAL

A frase “os fins justificam os meios”, atribuída a Nicolau Maquiavel (1469-1527), considerado o fundador da Ciência Política moderna, inaugura a chamada Real Politik. Era a visão da política como ela realmente é, em vez do olhar platônico e aristotélico de como deveria ser.

A Baía de Guanabara e o complexo de vira lata no divã

A Baía de Guanabara e o complexo de vira lata no divã

O saudoso tricolor Nelson Rodrigues usava com frequência e expressão do "Complexo de Vira Lata" presente em alguns brasileiros e que tem merecido muita reflexão nos últimos dias dos Jogos Olímpicos Rio...

Rio com todo o gás

O gás de rua é uma comodidade para os consumidores residenciais, uma opção para evitar o troca-troca de botijão todo mês. Está mais do que na hora, contudo, de ver o Gás Natural como mais do que isso, como uma oportunidade de diversificar as fontes baratas e confiáveis de energia. Para que o Estado do Rio se desenvolva a todo vapor, é essencial estimular a oferta de Gás Natural nas regiões que não são atendidas. Hoje, a rede atinge 10% das residências, na maioria em bairros ricos ou de classe média afluente.

Bem usado, vale a pena!

O anúncio pelo Governo Federal de medidas de incentivo à indústria coincide com um período de intenso debate sobre a conveniência e a viabilidade das políticas estaduais de investimentos. São Paulo, o estado mais rico e industrializado da Federação, puxa o coro das queixas, embora empresas paulistas também se beneficiem com mecanismos de outros estados.

A moda que não está no mapa

A moda que não está no mapa

A moda cresce de forma acelerada no Rio de Janeiro. A Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento informa que em 2011 o preço médio por quilo do produto exportado com o “selo Rio” foi quase duas vezes maior que o de São Paulo, o líder do país em empregos no segmento. O apelo da cidade, de suas belezas naturais, sua arquitetura, sua música, a criatividade e a simpatia de sua gente estão, de algum modo, presentes nas roupas fabricadas aqui.

Valorosa corporação

Reconhecida pela população como uma corporação de extremo valor e importância para a sociedade, o Corpo de Bombeiros recém-comemorou mais um aniversário (2 de julho) em meio a um momento marcante de sua história; uma fase de mudanças positivas obtidas por intermédio de uma comovente, e legítima, mobilização por melhorias salariais. Superada a fase mais turbulenta de reivindicações, o saldo que fica é a comprovação da enorme admiração que o povo da cidade do Rio tem para com a instituição, bem como as conquistas em relação à remuneração de seus integrantes.

Combate à corrupção

Combate à corrupção

O Brasil vive um momento singular. Economia pujante, altos índices de empregabilidade, acentuada redução da linha de pobreza, ascensão social das classes menos favorecidas, vultosos investimentos de grandes empresas nacionais e estrangeiras no País da Copa do Mundo e da Olimpíada, entre outras conquistas. Contudo, o Brasil emergente, que ganhou respeitabilidade mundo afora, enfrenta internamente um grave problema: a corrupção, que se alastra em diversos setores da sociedade quase que de forma endêmica.

Educação e Empreendedorismo

Após 15 anos de estabilidade econômica e programas que ajudaram a inserir milhões de brasileiros na classe C, o Brasil chega à sétima economia do mundo ainda com uma dívida social imensa a resgatar. Acredito que esse resgate só se dará se atacarmos duas frentes: investimento pesado em Educação e adoção de políticas de incentivo às pequenas e médias empresas.

Renovação da lei da moda

Renovação da lei da moda

O estado do Rio de Janeiro conta com 10 polos de moda, que agregam cerca de três mil empresas, gerando aproximadamente 51 mil empregos diretos, somente na indústria de transformação, e mais de 90 mil empregos em toda a cadeia produtiva. É um dos setores da economia fluminense que mais gera postos de trabalho e renda.

Olimpíada da Fé

Olimpíada da Fé

Para um estado cuja capital tem a fé como seu símbolo maior, personificada no Cristo Redentor, a escolha pelo Papa Bento XVI do Rio de Janeiro como sede da próxima Jornada Mundial da Juventude, em 2013, maior evento religioso do mundo, é tão significativa quanto os anúncios de que o Rio seria a sede da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016. Mais do que demonstrar a vocação de cidade moderna, acolhedora e alegre, vamos ter a chance de mostrar que a população fluminense, e o brasileiro de uma maneira geral, possui firme laço com a família.

O Rio está na moda

O Rio à Porter, braço de negócios do Fashion Rio, superou a previsão de alta no faturamento, de já otimistas 10%. Mais que o dobro do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do País no ano passado. O resultado foi, literalmente, melhor do que a encomenda, com a presença de compradores de mercados de ponta, que ditam estilos, como o Japão, a França e o Reino Unido. Não é um fato isolado, mas uma comprovação de uma onda positiva sinalizada pela atração de investimentos: o Rio está na moda.

Quando menos é mais

Quando menos é mais

A partir deste ano, serão enquadradas no Simples, como micro e pequenas, empresas  que faturam até R$ 3,6 milhões por ano. Assim, mais empreendimentos fixados no Rio de Janeiro  poderão se enquadrar no Simples e pagar um ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) menor –  passa a ser um dos mais baixos entre todos os estados brasileiros. A Assembleia Legislativa do Rio aprovou o projeto do governo que altera a faixa de receita das empresas enquadradas no Simples Nacional, adequando a legislação estadual à federal.

Sem Quebra de Contrato

Sem Quebra de Contrato

A descoberta das enormes quantidades de petróleo na camada de pré-sal na costa do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo gerou enorme otimismo quanto ao futuro do Brasil, mas também teve como resultado a cobiça quanto à riqueza proporcionada pelos royalties aos estados e municípios produtores. Ou seja, junto com a oportunidade, veio a ameaça.

Zveiter começa campanha nas Barcas

Zveiter começa campanha nas Barcas

A Estação Araribóia, das barcas, também foi o local escolhido pelo deputado federal e candidato à Prefeitura de Niterói pela coligação “Compromisso de Mudança”, Sergio Zveiter (PSD), para início de sua campanha eleitoral, na manhã da última sexta-feira.

Educação e Empreendedorismo

Após 15 anos de estabilidade econômica e programas que ajudaram a inserir milhões de brasileiros na classe C, o Brasil chega a sétima economia do mundo ainda com uma dívida social imensa a resgatar. Acredito que esse resgate só se dará se atacarmos duas frentes: investindo pesado em Educação e adotando políticas de incentivo às pequenas e médias empresas.

Fraternidade na Saúde

Que a Saúde se difunda sobre a Terra” é o lema deste ano da Campanha da Fraternidade. A CNBB foi particularmente feliz na escolha, pela ênfase quanto à necessidade de cuidados e de atenção especial para as camadas mais pobres e desprotegidas da população. Moradores dos grotões, das cidades menores e da miséria escondida que o governo federal tem perseverado em mapear para poder atender melhor são um dos focos da campanha, ao lado de quilombolas e indígenas. A Igreja no Brasil confirma sua vocação fraterna e sua missão humanista ao mostrar essa preocupação.

Renovação da lei da moda

O estado do Rio de Janeiro conta com 10 polos de moda, que agregam cerca de três mil empresas, gerando aproximadamente 51 mil empregos diretos, somente na indústria de transformação, e mais de 90 mil empregos em toda a cadeia produtiva. É um dos setores da economia fluminense que mais gera postos de trabalho e renda.

No Rio, a Moda é a lei

No Rio, a Moda é a lei

O Rio lança moda desde os tempos em que era Corte Imperial. Na década de 90, contudo, a derrama fiscal, com o ICMS a 19%, fechou dezenas de confecções. Para os que restaram, a saída foi o Galeão. Por conta de uma política fiscal equivocada, a indústria da moda carioca caiu para menos de 21% para 3% de participação no mercado nacional.

Legislando pela pequena e micro empresa

ARTIGO DE ANDRÉ CORRÊA PARA PUBLICAÇÃO DO SEBRAE/RJ

Páginas

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin