BAIXE O MEU APP

Reserva Particular do Patrimônio Natural

Você está aqui

Criação de Reserva Particulares de Patrimônio Natural avança no Rio de Janeiro

Criação de Reserva Particulares de Patrimônio Natural avança no Rio de Janeiro

O crescente número de donos de terra que procuram, voluntariamente, o Instituto Estadual do Ambiente para transformar propriedades em unidades de conservação vem fazendo a diferença para a Mata Atlântica no Rio de Janeiro. Atualmente, o estado conta com 83 Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPNs), que representam a conservação de aproximadamente sete mil hectares do bioma, e vive a expectivia de números ainda mais expressivos com a análise de 50 novos processos.

 

Estado ganha mais uma Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN), ferramenta importante para a conservação da Mata Atlântica

Estado ganha mais uma Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN), ferramenta importante para a conservação da Mata Atlântica

O Estado do Rio de Janeiro ganhou mais uma Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN), uma ferramenta estratégica para a conservação da Mata Atlântica. Através da Portaria nº 737 de 20 de outubro de 2017 publicada, na última terça-feira (24/10), no Diário Oficial do Estado, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) reconhece em caráter definitivo a RPPN Regina Clara que possui 5,82 hectares e está localizada no município de Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin