Olá, faça seu login ou cadastre-se.

Você está aqui

MP e Inea fazem demarcação da faixa de proteção do Rio Piabanha, na Serra do RJ

MP e Inea fazem demarcação da faixa de proteção do Rio Piabanha, na Serra do RJ

Trabalho está em desenvolvimento e vai contribuir para evitar ocupações irregulares na beira do rio, que passa pelas cidades de Petrópolis e Areal

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) estão trabalhando juntos para regulamentar a demarcação da faixa marginal de proteção do rio Piabanha que corta Petrópolis e Areal, na Região Serrana do Rio. Segundo o MPRJ, o objetivo dessa ação conjunta é evitar ocupações irregulares e a degradação do local. Como o estudo ainda está em desenvolvimento, o órgão explicou que não há um levantamento de quantas pessoas vivem na faixa marginal de proteção do rio atualmente.

De acordo com o MPRJ a parte inicial do trabalho de campo já foi realizada e os documentos estão em análise. O órgão informou também que os técnicos já passaram pelos trechos do rio na Estrada Mineira e no Trevo de Bonsucesso.

De acordo com o projeto, a demarcação vai possibilitar o monitoramento e a repressão mais eficiente das ocupações irregulares, a proteção das áreas estratégicas para o controle da vazão e da qualidade do rio, além de uma base de dados segura a ser utilizada em caso de regularização ou remoção das construções.

Para o MPRJ, a partir da demarcação da área, os órgãos ambientais poderão fiscalizar o uso adequado do rio e do entorno, evitando a poluição e mapeando as áreas com maior possibilidade de enchente para auxiliar o trabalho da Defesa Civil.

O órgão informou também que serão identificados os imóveis que correm risco de inundação para ações preventivas. O trabalho ainda é realizado em Três Rios, cidade do Sul Fluminense onde também passa o rio Piabanha.

Fonte: G1 - http://g1.globo.com/rj/regiao-serrana/noticia/mp-e-inea-fazem-demarcacao...

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de