Olá, faça seu login ou cadastre-se.

Você está aqui

Combate aos crimes ambientais na Região dos Lagos ganha reforço com inauguração de Unidade de Policiamento Ambiental

Combate aos crimes ambientais na Região dos Lagos  ganha reforço com inauguração de Unidade de Policiamento Ambiental

O combate aos crimes ambientais na Região dos Lagos ganhou um reforço. A 8ª Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) foi inaugurada, nesta sexta-feira (7/4), no município de Cabo Frio, atendendo uma antiga reivindicação de moradores e ambientalistas da região.

 

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Polícia Militar, a Prefeitura de Cabo Frio, que cedeu parte das instalações do Parque Municipal Dormitório das Garças para a instalação da Unidade de Policiamento Ambiental, em Porto do Carro,  e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) que fez obras de melhoria na estrutura que abriga a unidade.

 

A UPAm irá atuar na fiscalização para reprimir crimes ambientas em toda a Região dos Lagos, principalmente nos municípios abrangidos pelo Parque Estadual da Costa do Sol, administrado pelo Inea: Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Saquarema e São Pedro da Aldeia.

 

Ao participar da cerimônia de inauguração, o comandante geral da PM, coronel Wolney Dias Ferreira, destacou que a Região dos Lagos ganhou um importante aliado na luta para reprimir crimes ambientais e elogiou a parceria com o Inea e com a administração municipal de Cabo Frio:

 

“A Região dos Lagos é rica em recursos naturais e precisava de um braço policial para apoiar as ações de fiscalização e assim preservar essa riqueza. A tropa irá atuar em toda a Região dos Lagos, desde Saquarema, incluindo os municípios de Casimiro de Abreu, Rio das Ostras e Macaé. É a nossa polícia se empenhando no cumprimento do seu dever, mesmo neste momento difícil, de crise que estamos vivendo”, disse o comandante.

 

O comandante da Polícia Ambiental, coronel Mario Márcio Fernandes, ressaltou que a 8ª UPAm veio para preencher uma carência policial na área ambiental da Região dos Lagos:

 

“Vamos atuar principalmente na preservação da Mata Atlântica, reprimindo desmatamento ilegal e na fiscalização da pesca no sistema lagunar de Araruama além da apoiar  as ações de fiscalização do Inea, que administra o Parque Estadual da Costa do Sol,  e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) que administra a Reserva Extrativista de Arraial do Cabo, e as Reserva Biológicas Poço das Antas, em Casimiro de Abreu, e  da Fazenda União, em Rio das Ostras”, ressaltou o coronel Fernandes.

 

O superintendente de Biodiversidade e Florestas da Secretaria de Estado do Ambiente, Fernando Matias, destacou a importância da parceria com a polícia militar nas ações de combate aos crimes ambientais:

 

 “Um exemplo é o projeto De Olho no Verde que utiliza imagens de satélite de alta resolução para identificar áreas desmatadas, o que nos ajuda a direcionar as ações de fiscalização com apoio de parceiros como a Polícia Ambiental”, explicou Fernando Matias.

Por Ascom SEA/Inea

Comentários no Facebook

Você também pode gostar de