BAIXE O MEU APP

Geração de Renda

Você está aqui

André Corrêa diz que manterá foco na proteção do meio ambiente e geração de emprego e renda

André Corrêa diz que manterá foco na proteção do meio ambiente e geração de emprego e renda

Dando prosseguimento a série “Eleito, e Agora?” com deputados da região, o A VOZ DA CIDADEentrevista André Correa (DEM), 16ara seu sexto mandato. Inicialmente, fez questão de agradecer aos moradores do Sul Fluminense que ajudaram em sua eleição. André é valenciano e conta que foi na cidade que “tomou gosto” pela política. Ele é filho de Luiz Antônio, eleito agora deputado federal e que já foi prefeito, assim como o avô Clóvis.  “Também foi aqui que dei meus primeiros passos na vida pública, eleito vereador em Valença, em 1992.

Empresários do RJ entregam documento ao candidato Eduardo Paes

Empresários do RJ entregam documento ao candidato Eduardo Paes

As principais entidades representativas do turismo Fluminense entregaram ao candidato a governador do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, o documento “Rio + Turismo & Negócios”, que mostra a importância econômica do setor, compila as principais demandas e aponta caminhos para estimular a competitividade do destino Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro tem 800 vagas de empregos

Rio de Janeiro tem 800 vagas de empregos

O Governo do Estado e o Sistema Nacional de Empregos (Sine-RJ) informam a existência de 801 vagas de trabalho com carteira assinada em várias regiões do estado. Com exigência de formação entre os ensinos fundamental incompleto e o superior completo e com salários que podem chegar a até R$ 5 mil. São para ambos os sexos, com 101 colocações para deficientes.

 

Produção industrial cresce no Rio de Janeiro

Produção industrial cresce no Rio de Janeiro

A produção industrial fluminense cresceu 5,1% no índice mensal de janeiro de 2018. É a quinta taxa positiva consecutiva neste tipo de comparação, segundo a Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF), do IBGE. No acumulado dos últimos 12 meses, o Rio manteve a trajetória ascendente iniciada em maio de 2016 e obteve crescimento de 4,2%.

 

Rio de Janeiro tem mais de 680 vagas de emprego

Rio de Janeiro tem mais de 680 vagas de emprego

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Trabalho e Renda e do Sistema Nacional de Empregos (Sine-RJ), informa a existência de 681 vagas de trabalho com carteira assinada em várias regiões do estado. Com exigências de formação entre os ensinos fundamental incompleto e o superior completo, as vagas têm aalários que podem chegar a até R$ 5 mil. São 235 colocações para pessoas com deficiência.

 

Estado do Rio de Janeiro tem 1.110 vagas de emprego

Estado do Rio de Janeiro tem 1.110 vagas de emprego

A Secretaria de Trabalho e Renda e o Sistema Nacional de Empregos (Sine-RJ) divulgam 1.110 vagas de trabalho com carteira assinada em várias regiões do estado. A exigência de formação fica entre os ensinos fundamental incompleto e o superior completo. Os salários podem chegar a até R$ 5 mil. São 277 colocações para pessoas com deficiência.

 

Nova Friburgo dá uma guinada na economia e sai mais rapidamente da crise - O Globo

Nova Friburgo dá uma guinada na economia e sai mais rapidamente da crise - O Globo

RIO — Apesar de ter sofrido o pior desastre de sua história em 2011, quando fortes chuvas causaram destruição na Região Serrana fluminense, Nova Friburgo atravessou a crise em melhor forma que a economia do Estado do Rio e se recupera mais rapidamente neste início de retomada. Com 185 mil habitantes, a cidade — que se prepara para festejar seus 200 anos em maio de 2018 — teve saldo positivo de 589 novos empregos formais de janeiro a agosto deste ano, segundo dados do Caged.

Nova Friburgo responde por metade do PIB do Centro-Norte do estado - O Globo

Nova Friburgo responde por metade do PIB do Centro-Norte do estado - O Globo

RIO — Município de maior porte dentre os 12 que compõem o Centro-Norte fluminense e com quatro universidades, Nova Friburgo ganha também com as atividades e a demanda desse núcleo de municípios, respondendo por metade do PIB da região. A indústria sai na frente da retomada. Em setembro, a produção cresceu, e a capacidade instalada regional bateu 68%, superando a média histórica de 67%, pela primeira vez em mais de dois anos, segundo a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Rio de Janeiro tem 2,1 mil vagas de emprego com carteira assinada

Rio de Janeiro tem 2,1 mil vagas de emprego com carteira assinada

As oportunidades são para várias regiões do estado

O Governo do Rio de Janeiro anuncia 2.139 vagas de trabalho com carteira assinada em várias regiões fluminenses. As oportunidades, que podem ter salários que chegam a até R$ 5 mil, têm exigência de formação entre os ensinos Fundamental incompleto e o Superior completo.

Eduardo Eugenio: prorrogação da Lei da Moda é uma vitória

Eduardo Eugenio: prorrogação da Lei da Moda é uma vitória

A indústria fluminense conquistou, neste mês de agosto, um importante estímulo com a renovação da Lei 6.331/2012, que prorrogou por mais 15 anos, até dezembro de 2032, o incentivo fiscal ao setor têxtil. Conhecida como Lei da Moda, entrou em vigor em 2003, e, desde então, promoveu a atração de investimentos, gerando emprego e renda.

 

Estado do RJ tem 1.463 vagas de emprego

Estado do RJ tem 1.463 vagas de emprego

Oportunidades estão em diversas regiões fluminenses

O Governo do Rio de Janeiro divulga 1.463 vagas de trabalho com carteira assinada em várias regiões do estado. Entre elas, estão 32 colocações para deficientes. Com salários que podem chegar a até R$ 5 mil, as chances são para ambos os sexos e com exigência de formação entre o ensino fundamental incompleto e o superior completo.

Catadores que atuaram na coleta seletiva durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos recebem certificados de participação

Catadores que atuaram na coleta seletiva durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos recebem certificados de participação

Os catadores de materiais recicláveis que trabalharam na coleta seletiva durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos receberam, nesta segunda-feira (19/12), certificados de participação em uma cerimônia realizada no auditório do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), no Centro do Rio. O secretário Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho, Natalino Oldakoski, participou do evento.

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin