BAIXE O MEU APP

Lei da Moda

Você está aqui

Nova Friburgo dá uma guinada na economia e sai mais rapidamente da crise - O Globo

Nova Friburgo dá uma guinada na economia e sai mais rapidamente da crise - O Globo

RIO — Apesar de ter sofrido o pior desastre de sua história em 2011, quando fortes chuvas causaram destruição na Região Serrana fluminense, Nova Friburgo atravessou a crise em melhor forma que a economia do Estado do Rio e se recupera mais rapidamente neste início de retomada. Com 185 mil habitantes, a cidade — que se prepara para festejar seus 200 anos em maio de 2018 — teve saldo positivo de 589 novos empregos formais de janeiro a agosto deste ano, segundo dados do Caged.

Nova Friburgo responde por metade do PIB do Centro-Norte do estado - O Globo

Nova Friburgo responde por metade do PIB do Centro-Norte do estado - O Globo

RIO — Município de maior porte dentre os 12 que compõem o Centro-Norte fluminense e com quatro universidades, Nova Friburgo ganha também com as atividades e a demanda desse núcleo de municípios, respondendo por metade do PIB da região. A indústria sai na frente da retomada. Em setembro, a produção cresceu, e a capacidade instalada regional bateu 68%, superando a média histórica de 67%, pela primeira vez em mais de dois anos, segundo a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Indústria têxtil do Estado do RJ ganha novo estímulo

Indústria têxtil do Estado do RJ ganha novo estímulo

Número de empresas e empregos cresce após a prorrogação da Lei da Moda

Eduardo Eugenio: prorrogação da Lei da Moda é uma vitória

Eduardo Eugenio: prorrogação da Lei da Moda é uma vitória

A indústria fluminense conquistou, neste mês de agosto, um importante estímulo com a renovação da Lei 6.331/2012, que prorrogou por mais 15 anos, até dezembro de 2032, o incentivo fiscal ao setor têxtil. Conhecida como Lei da Moda, entrou em vigor em 2003, e, desde então, promoveu a atração de investimentos, gerando emprego e renda.

 

Polos de moda no interior do Rio comemoram aprovação de projeto de lei que prevê manutenção da taxa de ICMS

Polos de moda no interior do Rio comemoram aprovação de projeto de lei que prevê manutenção da taxa de ICMS

Deputados da Alerj aprovaram, por unanimidade, projeto de lei que estende benefício fiscal para o setor têxtil até 2032. Projeto segue para sanção do governador Luiz Fernando Pezão

Por Juliana Scarini, G1, Região Serrana

Lei da Moda e Polo de Moda íntima alavancam economia em Nova Friburgo

Lei da Moda e Polo de Moda íntima alavancam economia em Nova Friburgo

Polo investe em inovação e responde por mais de 25% da produção nacional

* Matéria publicada no jornal O Globo, em 16 de julho de 2017.

Parlamentares da Assembleia defendem benefício fiscal a setor têxtil

Por: Aline Macedo em 16/06/17 18:18

Embora o govero do Rio seja constantemente criticado por causa dos benefícios fiscais concedidos no estado, pelo menos uma indústria conquistou a simpatia de muitos deputados da Assembleia Legislativa.

Na quarta-feira (14), a Alerj realizou uma audiência pública para manter a lei de incentivos fiscais à indústria têxtil, que tem validade até o fim do ano que vem.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook

  • Twitter

  • Instagram

  • Youtube

  • Linkedin